Saturday, March 01, 2014

Roteiro da literatura em Timor-Leste em língua portuguesa

A tese de autoria de Damares Barbosa, intitulada Roteiro da literatura em Timor-Leste em língua portuguesa, foi defendida no ano passado, em 2013, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) no Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo (USP). 

A tese pode ser lida e baixada neste link: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8156/tde-23092013-120907/es.php

Apesar de ser um trabalho com pouca extensão, cerca de 130 páginas, e alguns autores importantes não serem contemplados na tese, que foca somente nos grandes nomes já conhecidos da literatura em língua portuguesa de Timor-Leste, como Alberto Osório de Castro (alguns comentários ao seu livro A ilha verde e vermelha de Timor podem ser lidos aqui), Ruy Cinatti e Luís Cardoso, a pesquisa é muito válida e necessária, pois são poucas as publicações que abordam a temática da literatura leste-timorense.   
    
Seguem o resumo e as palavras-chave da tese:

Resumo: A presente pesquisa tem como escopo reunir e comentar a Literatura de Timor-Leste em língua portuguesa, tendo como base seus principais representantes. Das lendas às narrativas de viagem, da poesia dos escritores politicamente engajados aos romances escritos na diáspora, o presente estudo procura identificar as principais questões que estiveram no horizonte dos timorenses em diferentes momentos de sua história, assim como delinear a imagem que o conjunto desses textos acabou por produzir de Timor na contemporaneidade.

Palavras-chave: Timor-Leste; diáspora; literatura de Timor-Leste.

Aos que se interessam pelo tema, há apenas algumas páginas na internet que comentam alguma coisa a respeito, assim como o trabalho belíssimo de João Paulo Esperança Um brevíssimo olhar sobre a literatura de Timor, que foi publicado primeiramente em 2004, no suplemento Várzea de Letras, e posteriormente no livro O que é a Lusofonia? lançado em 2005 pelo Instituto Camões de Dili, Timor-Leste, e que também pode ser lido e baixado neste endereço: http://www.teiaportuguesa.com/cacaaotesourolusofonia/literatura_timorense_artigo.pdf. Há também um artigo de minha autoria intitulado Língua e meio ambiente na literatura oral em língua Tetun, Timor-Leste (onde download e maiores informações podem ser acessadas aqui); na Revista Camões especial sobre Timor-Leste, volume 14, ano 2001, há um artigo sobre a poesia de Borja da Costa e outro sobre Ruy Cinatti (leitura, download e maiores informações sobre a revista aqui e aqui); o livro clássico de Artur Basílio de Sá Textos em Teto da literatura oral timorense, de 1961 (que em uma postagem futura farei alguns comentários); há a pouco conhecida, porém muito bem elaborada, dissertação de mestrado de Nuno da Silva Gomes, que se chama A literatura popular de tradição oral, em Timor-Leste: caracterização, recolha e modos de escolarização, defendida em 2007 no Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho, em Braga, Portugal (que em breve será disponibilizada em nosso blogue); e, recentemente, a comunicação no IV SIMELP de Edson Luiz de Oliveira, da USP, intitulada A nascente literatura de língua portuguesa em Timor-Leste cujo resumo pode ser lido aqui http://www.simelp.letras.ufg.br/simposios/simposios_01_20.pdf (tentarei, com a devida autorização do autor, disponibilizar sua apresentação em powerpoint para os leitores deste blogue). 


1 comment:

Damares Barbosa said...

Boa tarde, Davi!

Em primeiro lugar, parabéns pelo excelente blog! É sempre bom encontrar pesquisadores amantes do Timor-Leste. Agradeço os comentários sobre minha tese e aceito sugestões, pois já inciei meus estudos pós-doutorais. Um grande abraço, Damares